neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   


sou casada e sou viciada em dar o cú


sou casada e sou viciada em dar o cú




Papaconas publicou o seguinte:

...


Mais Vídeos Gratuitos? Veja aqui:

Este conto foi lido 106128 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: Passado minha mulher
Eu confesso que odeio imaginar que minha mulher deu para vários caras antes de estar comigo. Pior qu...

Publicado em 6 March 2015 | 12:11 pm
Confissão: respeitar para ser respeitado?! \
Eu confesso que \"respeitar para ser respeitado\", \"se você quer ser respeitado você tem que respei...

Publicado em 6 March 2015 | 12:01 pm


E agora... O conto de gildeci :

eu sou uma mulher casada devidamente comportada, sou executiva, tenho 29 anos, morena clara,165mt,65 kg, chamada gostosa, porem sempre fui muito comportada, casei direitinho com 0 1 namorado .
ninguem imagina como sou uma puta na cama e sou viciada em dar um cuzinho, vou descrever para voces a primeira vez que eu dei o meu rabinho e foi delicioso, foi assim fui para uma fazenda de uma tia do mu esposo nas ferias da faculdade juntamos as ferias e conseguirmos ir junto, logo no 1 dia senti que iria ser 15 dias diferentes em minha vida estavamos casados a 6 anos e estava dificil o relacionamente estavamos precisando de uma renovada sabe, a noite não tinha energia então tomavamos benho nunha cachoeira ali perto no 2 dia de banhos eu o ataquei e chupei o pau dele até fazer ele gozar e então pensei poderia surgie de min esse pedido, e disse a ele amanhã é sou vez de me surpreender, eu ja estava querendo dar e ele tambem queria mais ele tinha medo da minha reação, por ser 1 namorado garota de familia essas coisas, e os dias ian passando e ficava naquele desejo sempre, quando fomos para o próximo banho a noite na cacheira ele falou, quero algo que nunca me deu, e eu disse o que: "na verdade eu queria que ele pedisse ere um fetiche meu" ele falou as palavras deliciosas " quero comer todo o seu cuzinho hoje"
EU IMEDIATAMENTE FIQUEI DE QUATRO E ELE MIN LAMBEO POR CERCA DE MEIA HORA E ME MASTURBOU E LOGO DEPOIS DEU DUAS CUSPIDAS NO MEU RABINHO E METEO COM FORÇA, NUNCA SENTI UMA DOR TÃO GOSTOSA ANTES,
e depoes desse dia todos os dias que retavam de ferias eu dei o cuzinho tinha dias que ere duas, tres vezes seguidas e dai fiquei viciada em dar o cu, se eu não fizer eu não fico satisfeita sou uma puta sedenta por dar o cu sempre!!!!!!!!!!!!!!!



#3429 Comentários - 23-10-2010 - 12:20 AM por gildeci - Fetiches - Confirmo, É EXCITANTE (119) - Nota negativa! (30)
Adicionar aos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.
Atenção .... vejam e leiam um alerta importante... Tenho algo importante para indicar para as mulheres que visualizam este site. Andei lendo aqui sobre as mulheres que submetem as suas bocetas a receberem a mão dos seus companheiros dentro. Meu marido também faz o mesmo comigo já a um bom tempo, desde os nossos tempos de namoro.Já se vão 17 anos desde essa época. Namoramos por 2 anos e temos 15 de casados. Bem vou logo ao ponto, desde o inicio, eu pesquisei a respeito e consultei minha ginecologista e aprendi a fazer exercícios com a vagina para fortalecer os músculos vaginais. Existem varias formas de se exercitar. Eu comecei com objetos pequenos e hoje já consigo segurar um peso de ferro de um kilo com a pressão e força dos meus músculos vaginais. Eu utilizo um pequeno alteres de ferro de um kilo que pode ser adquirido em casas de material esportivo.E um caninho com duas bolas de ferro nas pontas, serve para exercitar os braços. Como se faz: você fica em pé, introduza o peso na entrada da vagina, até a bola de ferro passar os músculos da entrada da vagina, e depois aperta fazendo força para o peso não sair e cair no chão. Tente introduzir sem passar lubrificante. Após um tempo de exercícios, você estará apta a segurar o peso por um bom tempo sem que ele caia e indicará que os seus músculos vaginais estão em ótimas condições. Evitará efeitos maléficos da pratica do fisting que são distender os músculos vaginais, incontinência urinária, e distenção do útero fazendo-o rebaixar o assoalho pélvico(conhecido como útero caído). Acho que li aqui um relato de uma senhora com estes sintomas. Muito provavelmente ela praticou o fisting com seu companheiro por bastante tempo e não se preveniu com os mencionados exercícios.Acho que conta o fator genético e cultural também. Sou italiana e na Itália muitas mulheres aceitam que seus maridos as comam com a mão pois isso reforça a dominação masculina e a submição feminina. O homem introduzindo a sua mão dentro da vagina de sua mulher, está afirmando sua posse e dominação em relação a sua companheira. Caso ela não aceite, este homem encontrará uma outra fora de casa que aceitará e tomará o lugar desta mulher. Uma forma de você avaliar se está com os músculos vaginais em boas condições faça o seguinte: Quando o seu companheiro estiver com a mão introduzida em sua vagina, peça que ele coloque a mão até o fundo, em seguida você contrai os seus músculos vaginais fazendo força para fechar o canal vaginal e peça que o seu companheiro tire a mão fora .Se ele conseguir tirar, você precisa exercitar mais,caso contrario, ele não conseguir tirar a mão fora da sua vagina ,mesmo forçando bastante, você é uma mulher felizarda e tem uma musculatura vaginal forte e saudável e nunca terá algum dos problemas relatados acima. Você passará a ter total controle dos seus músculos da vagina. Quando meu marido está me comendo com a mão, eu controlo o tamanho da minha vagina. Se quero ficar com a vagina bem larga e aberta, deixo os músculos relachados, e meu marido movimenta a mão pondo e tirando da minha vagina com facilidade. Se de repente contraio os músculos, ele movimenta a mão com dificuldade dentro de minha boceta, tendo que fazer força para conseguir atingir o fundo da minha vagina. No momento que sinto que vou gozar aviso meu marido para tirar a mão fora ,pois assim que estou gozando minha vagina contrai com tanta força que já aconteceu dele estar com a mão dentro e eu gozando ao mesmo tempo,ele sentiu uma pressão tão forte que achou que eu ia quebrar a sua mão. Eu confesso que fica mais gostoso sentir a mão do meu marido deslizar livre em minha vagina e senti-la grande e bem espaçosa e curtir os movimentos vigorosos que ele faz pondo e tirando rápido. Para quem é praticando do fisting(introdução da mão dentro da vagina) sabe que o gostoso é após um seção prolongada de você receber a mão do seu companheiro dentro de sua vagina, senti-la bem dilatada e com uma pequena dor residual . Se depois de meu marido me comer com a mão bastante tempo, eu me levantar para ir ao banheiro urinar e não sentir a minha vagina bem aberta e um pouco dolorida, eu volto para a cama e peço para ele continuar e fazer mais um tempo até sentir a minha boceta bem quente e com uma leve dor. Só assim consigo gozar forte. Amigas.... sejam felizes e sem culpas...mas previnam-se,façam os exercícios indicados e nunca terão qualquer problema. A nossa vagina é uma cavidade muscular bastante forte e resistente, mas como todos os músculos que temos no corpo, demandam exercícios para manter-se fortes e saudáveis. #1 - 06-03-2015 - 01:39 AM por Solange - reportar abuso
Oi gente linda e querida..... Chequei em casa agora pouco e resolvi me sentar na frente do computador para por uns assuntos em dia. Meu marido já voltou das férias e já tivemos relações sexuais e graças a Deus ele não comentou ou percebeu nada em relação à minha boceta e o meu cu estarem mais abertos. Levei um tombasso na escada aqui de casa e lasquei meu joelho esquerdo.Não fui trabalhar de sexta-feira passada até ontem.Retornei apenas hoje. Liguei para o meu chefe na sexta contando tudo e ele me liberou para só retornar quando estivesse melhor do meu joelho.Ainda dói mas já consigo andar. Fiquei uma semana em casa de molho e longe do meu chefinho, aquele turco safado de pau saboroso e grande o suficiente para deixar meu cu bem satisfeito . Hoje chequei cedo na lojinha e já fui matando a minha vontade de chupar o caralhão gostoso dele. Ficar uma semana sem sentir o cheiro e o gosto do esperma dele é muito pra mim. Acho que estou completamente viciada no leite do pau do meu chefe. Acho que ele também ficou guardando o seu esperma para mim, saiu um monte,bem grossinho,meio pastoso,deu para dar duas goladas com a boca cheia.Meu chefinho estava com o saco lotado de porra aguardando o meu retorno para aliviar e soltar tudo. Enquanto ele ejaculava dava até pulinhos e gemia de tesão. Não consegui contar,mas as pulsadas que o pau dele deu foram mais do que outras vezes.Normalmente ,ele pulsa ejaculando uns 7 ou 8 jatos de porra,hoje deve ter passado de uns 10 ou 12 jatos.Tive que engolir rápido para não vazar pelos cantos da boca.Pareceu que eu tomei duas colheradas cheias de yogurte natural. Depois de matar a minha sede ,fui para trás do balcão da loja. De manhã o movimento até estava bom,mas a tarde parou e ficamos meio de bobeira um olhando para o outro. Meu chefe não quis me colocar o plug no meu cu hoje,acho que ficou com dó do meu machucado no joelho.Quando deu umas 3.30 da tarde meu chefe desceu a porta da entrada da loja e me puxou para dentro da cozinha. Normalmente seria para mais um boquete no seu caralho que fica mais tempo duro do que mole.Essa raça de turco ou árabe são poderosos , qualquer coisinha o pau fica duro e o cara que um buraco pra meter e esporrar logo.Me enganei,meu chefe tirou fora a calça ,a cueca, ficando de meias ,sapatos e camisa com o caralho bem duro,balançando para os lados, apontando com a cabeçona na ponta.Não sei se tem a ver com religião,a tal circuncisão, mas meu chefe não tem umas pelinhas que cobrem a cabeça do penis. A cabeça do pau dele fica toda para fora o tempo todo. O meu marido tem uma pele que esconde a cabeça do pau dele,e a cabeça só fica para fora quando ele puxa a pele para trás. Meu chefe tirou a minha calcinha, levantou meu vestido ,me colocou sentada na ponta da pia da cozinha, me deixando de pernas abertas com a boceta bem exposta e me comeu assim até gozar dentro. A cada estocada que ele me dava eu gemia de tesão , estava com a minha boceta cheia de fome de sentir o caralho do meu chefe entrando e saindo gostoso. Senti a cabeçona grande do pau dele me bater com força no fundo e empurrar meu útero para dentro.Estavamos com tanto tesão que ele começou a me foder e nem lembrou de ligar o som para disfarçar o barulho.Em seguida ele ligou até meio alto . Meu chefe deu outra esporrada e me encheu a boceta com o seu esperma morninho. Eta pauzão poderoso que ele tem.Coloquei um chumaço de papel higiênico tampando minha boceta para não vazar todo o esperma de dentro e fui para trás do balcão da loja novamente. Fiquei sentada no meu banquinho,mexendo no meu celular aquardando a entrada de algum cliente na loja. Passei o final da tarde sentindo a deliciosa sensação de ter a boceta fodida e ficar com ela cheia de esperma.Dá para sentir ela mais larga,um pouco quente e melada. Só uma mulher sabe o que é sentir isto.Sensação só superada quando o meu chefe me fode no cu. No final da tarde ,por volta das 19 horas, fechamos tudo, e meu chefe me posicionou com a bunda aberta para ele em cima da mesa, ele ia pegando um óleo lubrificante, eu disse a ele para não usar óleo que eu queria sentir doer um pouco, ele então pois um pouco a cabeça do pau na entrada da minha boceta, balançou de cima a baixo para molhar o pau com o molhado da minha boceta e encostou a cabeça do pau no meu cu.Meu coração estava até meio acelerado e eu cheia de tesão de sentir o pauzão dele dentro do meu cu de novo. Eu pedi para ele: “põe tudo de uma vez... quero sentir doer... põe rápido e até o fundo dentro do meu cu... “ Meu chefe me atendeu e me segurando com as mãos na minha cintura, enterrou o caralho todo de uma vez até o fundo.Dei um gemido alto e falei: “aaaiiii.... que delicia... aaaiiii..... como dói gostoso.... aaiii.... amor... deixa dentro para relaxar e abrir um pouco... depois soca forte no meu cu....” Fiquei com o anel do cu piscando sem controle um bom tempo apertando o pau do meu chefe. Comecei então a sentir o cu relaxar e abrir de novo. Não levou um minuto ,meu chefe já estava socando rápido e com força no meu cu, do jeito que eu gosto e me acostumei.Veio a vontade de fazer cocô e não passou tão cedo. Normalmente, a vontade de cagar passa depois de levar bastante tempo o pau entrando e saindo para amortecer um pouco o intestino.Meu chefe me encheu o cu de porra bem no fundo e fui para casa. Alias estou agora em casa escrevendo este texto. Estou de camisetinha ,sem calcinha, meu marido chega daqui a pouco,e estou ainda com a boceta e o meu cu cheios de esperma do meu chefe. Acabei de me levantar da cadeira e pus o dedo no meu cu para ver como está. O anel do meu cu está meio estufado e meu dedo entra fácil nele. Vou tomar um banho ,enfiar a mangueirinha do chuveiro dentro da boceta até o fundo para lavar e tirar todo o esperma do chefe, se meu marido for me comer hoje, tenho que estar limpa. O esperma do cu eu não limpo. Acho que o intestino absorve e até amanhã o que sobrar sai com as fezes.O meu marido me come no cu muito raramente ou quase nunca. #2 - 05-03-2015 - 11:39 PM por Celia - reportar abuso
Estou no Brazil a não muito tempo. Vim para trabalhar em um filial de uma empresa de cosméticos. Sou do setor de produtos. Desde que chequi aqui conheci um homem também Frances na empresa que trabalho e estamos namorando. Ainda sou jovem,23 anos e não quero ter filhos agora. Li aqui sobre mulherres que fazem o fisting na vagina. Eu faço o fisting desde os 17 anos com um namorado que tive na França. Com meu atual também fazemos. É uma forma de ter prazer e não engravidar. Tenho minha vagina bastante acostumada e grande e bem esticada. Meu namorado a fode todos os dias com a mão e fico bastante satisfeita, e depois ele me fode no anus com o seu pau. Fico com a sua mão dentro de vagina e seu pau dentro de meu cu. Gosto e fico com bastante tesão. Meu namorado ejacula em meu cu ou dentro de minha boca e engulo o esperma. Trabalhamos juntos no mesmo departamento e ficamos juntos em final de semana. Quando fico com a boceta com vontade, digo a ele e vamos em um local separado na empresa e meu namorado põe sua mão dentro de minha vagina e eu fico com ela bem gostosa sentindo ele movimentar dentro. Acho que é perigoso quando a mulher gosta que o homem bater com força no fundo com a mão. Vai fazer mal com o tempo. Eu gosto que meu namorado encoste a mão no fundo do canal da vagina e empurre com pressão. Fica gostoso sentir assim e não deixa o útero machucado. Gosto de ficar sentindo minha vagina grande e aberta o dia todo trabalhando.Durante a semana temos que fazer isso muito rápido e pouco mas no final de semana ,meu namorado me deixa toda estragada na boceta. Fico em a boceta muito grande e mole e até dói um pouco depois,mas fica gostoso sentir uma dorzinha nela.Li neste blog ,não lembro a nome de quem escreveu, um dica de colocar uma manga dentro da boceta para ficar aberta e macia para o marido ou namorado enfiar a mão depois,fiz o teste comigo e deu certo. Fiquei um sábado todo com uma manga dentro de minha vagina e a noite meu namorado vou ver como ficou . Ele achou minha boceta bem molinha e macia e sua mão entrou e saiu bem fácil. Ele conseque por a sua mão dentro no fundo e tirar toda fora de depois por dentro de volta bem rápido e com força sem machucar e não doer mais. Só fico com o meu namorado não usar minha boceta com a sua mão quando estou com dias de menstruação. baisers et des caresses une ...... #3 - 05-03-2015 - 12:55 AM por Urbanie.....vivant France - reportar abuso
Tambem gosto de leite.... Entrei de bobeira neste blog e li o que a Mariana escreveu sobre engolir esperma do filho da sua vizinha e me deu vontade de contar a minha experiência sobre isto. Sou técnica em enfermagem e trabalho em um hospital da prefeitura na zona zul de são Paulo. Sou baixinha, loira e um pouco cheinha. Sou o tipo baixinha da perna grossa e peitos e bunda grande. Tenho 37 anos e meu marido 62 anos. Perdi meu primeiro marido em um acidente de carro. Casei me com um homem bem mais velho do que eu. Gosto dele por ele ser bem carinhoso,atencioso e me prover sempre que preciso.Nossa vida sexual quase se resume a ele me chupar a boceta, coisa que ele faz muito bem. O seu penis já ficou meio difícil de subir a maior parte do tempo. O seu penis fica pequenininho e mucho quase o tempo todo. Me esforço para faze-lo crescer e ficar duro mas não é fácil. Por ter restrição cardíaca,ele não pode tomar o Viagra ,senão seria uma alternativa. Sempre tive muita atração por homens negros. No hospital que trabalho tenho um colega enfermeiro que depois de um tempo nos flertando ,começamos a ter um casinho. Digo casinho por que não temos relações sexuais ,apenas eu gosto muito de chupa-lo e engolir o seu esperma. Ele tem um esperma delicioso que já me viciei. Pedi a ele um teste anti-hiv quando comecei a engolir o seu esperma,pois sei que é uma forma muito arriscada de se pegar uma doença.Engulo o leite dele a quase uns dois anos. Sempre que nossos plantões coincidem, ficamos juntos boa parte do tempo na madrugada,quando o hospital fica bastante tranqüilo. Depois de verificar os prontuários dos meus pacientes e descer para tomar café, eu o encontro e vamos a um local isolado do hospital e fico fazendo nele um boquete até engolir todo o seu leite. Ele também é casado e me disse que a mulher dele não gosta de chupar o seu pau. Acho o máximo quando o estou chupando e ele começa a ejacular e começa a gemer e virar os olhos de tanto prazer e tesão me vendo receber o seu esperma na boca e engolir. Assim que termino de engolir ele fica muito satisfeito e me agradece com um beijinho na boca e até passa a sua língua na minha,demonstrando não ficar com nojo do próprio esperma.Acho que engulo o esperma dele umas dez vezes na semana. Quando ficamos uns dois ou três dias sem nos encontrarmos ,vou ficando com uma vontade reprimida . Assim que ele abre a calça e põe o pau e o saco para fora para que eu chupe, ele me fala que vai dar leite para a sua bezerrinha. Ele me faz lembrar um namorado que tive aos 19 anos de idade e eu sempre engolia o seu esperma quando o chupava.Acho um contra senso e um desperdício a mulher chupar o cacete do cara e depois cuspir e ainda demonstrar nojo.Se o fulano for limpo e não tiver doenças, o esperma é uma substância orgânica tão limpa e cheia de nutrientes. Desde essa época desenvolvi uma preferência por homens negros e por engolir esperma.Quase mais do que ter relações sexuais com a introdução do penis. Se a mulher engolir o esperma de um homem sadio e sem doenças , só poderá fazer bem, pois o esperma é um liquido que é totalmente absorvido pelo organismo,cheio de nutrientes e substancias químicas e vitaminas,hormônios,sais minerais e mais o fator psicológico do prazer e satisfação. Confirmo o que a Mariana disse sobre a mulher que engole o esperma do seu parceiro com regularidade, depois de um tempo começa a perceber efeitos benéficos na pele,cabelos,unhas ,humor, etc. Agora, quando o esperma do companheiro é amargo,salgado,fedido aí ninguém merece né..... O do meu marido é assim,eu já tentei me acostumar,mas não é fácil, ainda mais quando eu comparo com o do meu colega do hospital que é delicioso, aí não tem jeito, eu ponho na boca e dou uma disfarçadinha e ponho para fora. A forma que eu dou prazer ao meu marido é com o auxilio do toque retal massageando a sua próstata. Visto uma luva cirúrgica,passo um lubrificante e introduzo o meu dedo médio em seu anus até atingir a próstata e fico massageando e chupando o seu pau. Só assim o seu penis cresce um pouco,fica meio duro e ele ejacula depois de um tempo. Ás vezes aproveito a sua ereção meia bomba e enfio o seu pau na minha boceta e ele mete até gozar. Meu colega vive me pedindo para me foder na boceta mas eu acho muito arriscado dentro do hospital e se fossemos pegos perderíamos os nossos empregos.Já um boquete é mais rápido e qualquer coisa que aconteça,é bem facil parar e disfarçar. Teríamos que ir a um motel ou algum outro lugar o que dá muita mão de obra. Fico bem satisfeita em chupar e lamber todo o pau e o saco do meu colega enfermeiro e engolir a sua porra.Gosto tanto de chupar o pau dele que até o cu dele já lambi. Percebi que quando eu chupo as bolas e o seu cu,ele ejacula uma quantidade maior de esperma depois.Tambem uso o truquesinho da Mariana de chupar uma bala depois de engolir,pois não quero ficar soltando bafo com cheiro de porra na cara de meus pacientes, né...... #4 - 04-03-2015 - 02:27 AM por Suelen - reportar abuso
***** Mariana sou gulosa ****** Meu marido e eu moramos em Tatui, estado de são Paulo.Uma pequena e simpática cidadezinha do interior. Isso é o máximo que posso dizer pois meu marido é usuário da internet e não posso correr o risco dele ler este comentário. O fato é que tenho uma vizinha muito minha amiga que tem dois filhos homens. O mais velho é um jovem bastante bonito de apenas 15 anos e o seu irmão tem 12 anos. No quintal de minha casa ,temos uma tabela de madeira com um aro de metal, que é uma cesta de basquete. O filho da minha vizinha, o João Vitor,o adolescente de 15 anos vem em minha casa todas as tardes brincar de fazer cestas de basquete na tabela que temos no quintal. A um tempo atrás ,ele estava no meu quintal,jogando,e eu fiquei observando da minha varanda onde fico lavando roupas no tanque.Com freqüência eu virava em direção a ele e ficava observando os seus movimentos. Notei sob o seu calção um volume enorme do seu pau em ereção. Nessa época ele estava com 14anos de idade.Apesar de bem novo ele tem um porte físico de homem feito. Chamei ele para dentro de casa para tomar um café e pão com manteiga. Disfarçadamente eu observava o seu penis duro sob o calção e acho que ele percebeu e ficou meio sem graça e vermelho no rosto. Ele falei para ele que era normal. Nesta idade dele os hormônios estão bem fortes. No dia seguinte comentei com a mãe dele e ela me falou que morre de medo que ele engravide alguma menina nova e acabe com a sua adolescência e comprometa o seu futuro,pois ela pretende vê-lo formado e com um bom emprego. Disse a ela que se me permitisse eu poderia ajudar. Não expliquei muito e disse à minha vizinha e grande amiga que eu tentaria ajudá-la nessa questão.Depois eu diria como. Em resumo: todas as tardes que o Vitor vinha em minha casa com a desculpa de jogar basquete eu o recebia em minha cozinha para tomar um café e fazer-lhe um boquete guloso,engolindo todo o seu esperma. Eu estava unindo o útil ao agradável,pois deixava o filho da minha vizinha aliviado e satisfazia um gosto que sempre tive em engolir esperma. Sempre engoli o do meu marido,mas o do jovem rapaz é bem mais gostoso. Esperma de um homem jovem é mais puro e saboroso e em bastante quantidade. Ele me procura para um boquete umas três vezes por dia ,sempre durante as tardes pois de manha ele está na aula.Quando ele chega do colégio,almoça e em seguida vem em minha casa . Ultimamente ele tem me pedido para me comer mas eu não tenho deixado dizendo que não posso trair meu marido. Isso que fazemos é uma coisa mais inocente e estou ajudando ele a não ter algum problema de saúde em armazenar esperma no saco por muito tempo. Nas três esporradas que ele me dá para engolir,percebo uma diferença na quantidade e na espessura do esperma. A primeira vem bem grossa e com bastante quantidade. Parece um iogurte natural.A segunda já vem um pouco menos e mais fina. A terceira dá uma colherinha pequena de adoçar café bem ralinha. Gosto de todas ,mas a primeira me deixa mais satisfeita no meu prazer de engolir porra. A mãe dele já sabe de tudo,pois contei tudo a ela e pedi segredo a ela,que não conte ao filho que sabe de tudo. Acho que poderia mexer com a cabeça do rapaz a mãe saber disso e deixar. Ela me contou que não vê mais o seu filho se trancar no banheiro e passar um tempão lá dentro.Notou o filho mais calmo e tranqüilo.Quando ele pega a bola de basquete e sai apressado de casa,ela me contou que ri por dentro sabendo o que o filho ta indo fazer na vizinha alem de jogar bola na cesta.A minha amiga vizinha sabe quando estou fazendo um boquete no seu filho quando não ouve os barulhos do filho jogando bola no meu quintal. Contei a ela que seu filho tem com insistência me pedido para me comer na boceta com camisinha. Ela disse que eu é que sei. Ela tem preocupação em meu marido descobrir e se voltar contra o filho dela. Tenho engolido o esperma do Vitor já por uns 8 a 9 meses e andei lendo na internet umas teorias favoráveis a ingestão de esperma para a saúde da mulher.Claro que um esperma limpo,livre de doenças transmissíveis. Confio no Vitor por ele ser virgem e com uma boa saúde. Já pedi a ele me contar quando se relacionar com alguma garota,pois terei que tomar cuidados de me previnir sobre doenças. Voltando às teorias de ingestão de esperma , tem uma teoria chamada semem-terapia, que consiste na mulher ingerir uma dose de esperma diariamente. Após alguns meses começa-se a perceber uma pele melhor,cabelos mais brilhantes e volumosos,unhas mais fortes, dimuição de efeitos da menstruação,redução de TPM, enxaquecas e dores de cabeça, melhoria de humor ,eliminação de depressão. De tudo isso acima descrito, sou testemunha verídica que ocorre tudo isso. Quando o Vitor tiver mais mocinho,perto da maioridade, estou já me preparando para substitui-lo pelo irmão. Acho que se fosse juntar todas as esporradas do Vitor que já engoli ,daria alguns litros de porra.Até hoje ,engoli esperma de todos os meus namorados que tive antes de me casar e com apenas um deles eu não consequia e na primeira vez chequei a vomitar. Ele tinha um esperma muito fedido e amargo. Esses dias meu marido chegou em casa um pouco mais cedo,e eu graças a deus já tinha terminado um boquete no Vitor e ele já tinha ido embora. Não tive tempo nem de limpar a minha boca que ainda estava com gosto e cheiro de esperma dele. Meu marido chegou me dando um beijo e me disse que eu estava com um cheiro estranho na boca parecendo peixe. Com a boca seca e ainda amarrando, disse que tinha comido um tamarindo que a vizinha tinha me oferecido. Fico sem degustar o esperma do Vitor aos sábados e domingos. Na segunda ele vem com carga total. A primeira esporrada dela me enche a boca . As vezes crio umas variações para ficar diferente tipo o Vitor ejacular dentro de um copinho daqueles de dose única de pinga e depois tomar num gole só, ele esporrar em cima de uma fatia de pão, dentro de um copo de leite. Curto todas mas a que mais gosto é colocar a cabeça do seu pau dentro da boca e ficar engolindo assim que os jatos vão saindo. O Vitor costuma ejacular uns 7 ou 8 jatos de esperma. Deixo os 3 ou 4 ultimos para segurar dentro da boca para sentir bem o gosto antes de engolir. Depois de um tempinho a gente aprende a sentir qualquer diferença no gosto do esperma.Esses dias o Vitor esteve meio gripado e tomou uns medicamentos. Eu percebi um gosto diferente no seu esperma. Ele me contou sobre ter tomado a medicação depois que eu falei a ele que o seu esperma estava com um gosto diferente. A maior maluquice que fiz na minha juventude foi chupar e engolir porra de 5 homens um após o outro. Era uma festinha e eu tinha bebido um pouco a mais.Acho que pequei gosto por engolir esperma desde quando fiz pela primeira vez com meu tio,irmão do meu pai,quando eu tinha 12 para 13 anos de idade. Meus pais saiam para passear juntos e me deixavam na casa do meu tio, que era solteiro e morava sozinho. Ele me ensinou a chupar e engolir . Eu ficava no sofá da sala com ele assistindo TV e ele ficava de shorts mexendo no pau e depois colocava para fora e me pedia para pegar e por na boca. Com o tempo ele me ensinou a chupar e quando saia um leite ,ele dizia que era para engolir.Desde essa época acostumei e fiquei meia viciada em esperma. #5 - 03-03-2015 - 04:24 AM por ***** Mariana ****** - reportar abuso
Eu e meu marido somos donos e sócios de uma pequena Lan-House em uma pequena cidadezinha próximo de Mogi das Cruzes.Abrimos a loja a uns quase dez anos atrás. Ná época as Lan-Houses estavam bombando e o movimento era super o dia todo. Ganhávamos um bom dinheiro. Hoje em dia o movimento é péssimo. Só entra uma molecadinha que sai da aula e vem jogar,entrar no facebook,e não ficam mais do que uma hora. Passo o dia olhando pro tempo.A loja fica em um salão conjugado à nossa casa nos fundos. Tenho uma menina de 12 anos que volta da escola por volta das duas da tarde e já sai correndo para a casa de uma amiguinha. Passo o dia todo na Lan-House espantando moscas e lendo e inventando coisas para fazer, tipo fazer uns remendos em roupas. Temos quinze computadores, cinco não funcionam e dez são meio antigos. Decidimos não mais mandar arrumar e não trocar. Fizemos anuncio para vender tudo ,mas não apareceu ninquem ainda. A idéia é fechar e alugar o ponto. Meu marido sai de casa todos os dias bem cedo, acorda as 5 da manha e volta só a noite por volta das 10 da noite. Ele é motorista de circular em Mogi. Ele larga o trabalho as 7 da noite e depois vai pra boteco beber com os colegas. Chega em casa suado,fedido e cheirando álcool. Toma um banho, janta e dorme.Eu já acostumei a não ter mais a sua atenção como no começo do nosso casamento. Esses dias entrou na Lan um rapaz negro,alto,magro e pegou um computador para usar. O próprio computador registra a hora de inicio e final de uso. Cobro pela hora de uso dos computadores, que estão ligados em rede e na internet. Tambem temos serviço de scanner e impressoras. Fico atrás de um balcão no fundo e fico observando toda a Lan. Comecei a perceber que o rapaz estava se masturbando na frente do computador, o que não é permitido,inclusive programamos os computadores para não dar acesso a sites pornográficos. Fiquei intrigada com aquilo e fui ver de perto. O rapaz se levantou de repente me direcionando um pau enorme com a cabeça avermelhada e grande, dizendo: “o dona... preciso descarregar o meu pau.... tá até doendo... deixa eu meter na sra....” Fiquei assustada e corri de volta para trás do balcão. Continuei olhando fixamente aquele caralho duro ,negro, dando pulos no ar. O rapaz ficou só me olhando e esperando alguma resposta. Meu coração acelerou e minha boceta molhou na hora. Fiquei em luta comigo mesma.Queria sentir aquele pau entrando em mim,mas ao mesmo tempo estava com medo de ser descoberta. O meu tesão ganhou e chamei o rapaz para trás do balcão. Minha boca salivava de vontade de chupar o seu pau. Falei a ele que queria chupar o seu pau, ele só balançou a cabeça concordando, me abaixei e comecei a chupar aquele cacete preto e duro.Fazia um tempão que eu não chupava um pau. Eu estava com uma puta vontade acumulada.Chupei gostoso aquela rola dura,lambia as bolas, chupava bem rápido a cabeça que ele me segurou para não gozar logo. Ele falou: “vai devagar dona.... quero comer a sua boceta....” A hora que ele falou isso, subi e fiquei em pé na sua frente ,levantei o vestido e abaixei minha calcinha e pedi a sua rola na boceta. “Vai moleque... faz rápido.... enquanto não chega ninguém...” Ele se abaixou um pouco, posicionou o pau na entrada da minha boceta e enfiou tudo até o fundo, fiquei na ponta dos pes sentindo o caralhão todo dele dentro da minha boceta. Ele é um rapaz meio alto e eu sou baixinha, tive que ir para a direita do balcão e subi em cima de uma caixinha de madeira que costumo apoiar os pés em cima. Ai fiquei numa altura boa para ele me foder bem gostoso. Estava torcendo para não chegar ninguém naquela hora e interromper a nossa foda. Eu estava adorando levar o pau do rapaz negão na boceta. Não demorou muito ele gozou e me encheu a boceta com o seu esperma. Não segurei e falei: “aaiii.... que delicia... fazia tempo que eu não levava uma esporrada dessas na boceta... ta tão quentinho.... gostoso...” Ele deu um sorriso ,levantou a bermuda e saiu andando pela Lan até a porta,não falou nada e foi embora. Levantei a minha calcinha e passei a tarde sentindo a boceta bem úmida e escorrendo o seu esperma. No dia seguinte fiquei anciosa para ver o rapaz negro de novo na Lan. Ele só retornou uns cinco dias depois. Desta vez ele nem foi para o computador, já chegou do meu lado, e falou bem baixinho no meu ouvido: “hoje eu quero o seu cu dona....” “ai... não... eu não vou agüentar essa trolha no me cu...” “fica tranqüila.... eu vou com calma se doer eu paro...” Concordei e não querendo arriscar ser vista fazendo sexo,fechei a porta da Lan e desci com o rapaz ate a minha casa. Minha filha já tinha chegado da escola e saído novamente para a casa das amigas. Levei o rapaz até o meu quarto , tirei minha calcinha, passei um óleo hidradante no meu cu e no pau do rapaz, me posicionei de quatro na minha cama e fiquei aquardando ser enrabada por ele. Tinha feito um docinho antes, mas na verdade estava louca de vontade de sentir o pau dele no meu cu. Desde o tempo de solteira eu não levava rola no cu. Meu marido nunca me fodeu nele. Descobri que o rapaz era bom mesmo no negocio. Me fodeu o cu bem gostoso por um bom tempo. Apesar de bem jovem ,já tinha uma pegada forte que toda mulher gosta de sentir em um homem. Me senti totalmente dominada e possuída. Não resisti e pedi a ele que gozasse dentro do meu cu.Depois disso ele foi embora e eu nem abri a Lan de novo neste dia. Fiquei na cama descansando e curtindo o cu dolorido e cheio de porra. Neste momento que estou escrevendo, fiz umas contas de memória e acho que já levei dele umas 20 gozadas do na boceta e umas 30 ou 40 no meu cu. Ao menos umas duas vezes por semana o rapaz aparece e me dá no couro. Meu marido ta achando estranho eu estar mais alegre ,feliz e não brigar mais com ele.Acho que está até meio desconfiado de alguma coisa.Descobri que ele é filho de um casal que tem um ferro velho aqui perto. #6 - 02-03-2015 - 03:11 AM por Juliana - reportar abuso
Sou produtor de video e trabalho com moda. Faço a indicação de modelos mirim femininas para produtores de TVs,comerciais e folders comerciais. Tenho contato com muitas meninas novas ,maluquinhas por uma chance de carreira . Todas se vêem como uma Gisele Bündchen,mas a maior parte delas não vão ser nem sequer uma atriz pornô. Já tirei o cabaço do cu de muitas delas. Gosto de ver uma menininha nova gritar e chorar de levar minha pica no cu e depois terminar com um sorriso no rosto. Na segunda ou terceira foda que dou nas recém-cabaços, o cuzinho delas já ta bem mais macio e aquenta o meu pau mais fácil. Algumas gostam tanto que aparecem na minha sala com a desculpa de saber se já tem alguma indicação de trabalho, mas assim que eu pergunto se ela quer repetir o teste do sofá, o olhinho brilha e aparece um sorriso no rosto. Preparo a menina no meu sofá de entrevista,passo um lubrificante no cuzinho e dá lhe pau no cu da franguinha. Antes procuro me assegurar de qualquer coisa que possa me comprometer. A menina fica sem roupas, desliga o celular, explico tudo para ela. Conto sobre ser um mercado muito concorrido, que eu tenho muitos contatos com bons produtores e se eu der a indicação, ela será chamada logo para trabalhos. Só que tem um preço e começo a explicar tudo. É bem raro quando alguma não aceita meus termos e vai embora. No momento que explico fico massageando o meu pau sob a calça e depois de um tempo ponho para fora. A maior parte delas entende tudo e assim que me aproximo começam a pegar e por o meu pau na boca. Dali para a frente o negocio caminha fácil. Nunca até hoje tirei um cabaço da boceta de nenhuma delas. Sempre comi o cu. Algumas são tão apertadas que tiro sangue e rasga um pouco o cuzinho delas. Mas por incrível que pareça são as que voltam e querem de novo. Normalmente utilizo o KY com anestésico nas primeiras vezes,para não doer tanto. As que vem acompanhadas com a mãe , deixo esperando na sala do andar de baixo. Para não correr o risco de ser descoberto,mudo frequentemente de endereço.Faço a captura de interessadas por agencias e anúncios de jornais.Nunca aconteceu ,mas se alguma abrir o bico e contar para alguém, ou já estarei longe ou não existirá prova a respeito. #7 - 01-03-2015 - 08:24 PM por Jefferson maluco porra louca.... - reportar abuso
Essa coisa de médica ginecologista comer a boceta das pacientes com a mão deve ser mais comum do que se imagina. Comigo acontece a mesma coisa. Inclusive estamos namorando. Antes de contar algum detalhe, sou uma moça de 22 anos ,morena ,estatura media, corpo cheinho e não sou gorda,sou redonda e carnuda.Calelos castanhos,até a cintura cacheados. Conheci a Dra. Mércia a três anos atrás fazendo um exame de rotina. A Dra. Mercia é uma oriental,assumidamente homosexual, tem um tipo da chamada sapatão. Ela é baixinha,meia gordinha,cabelos bem curtos, fora do consultório se veste de calça jeans largona ,botas de borracha ou couro bem grandes,tem uma cara meia masculinizada.Quando ela ta no consultório atendendo,ela usa roupas brancas e um jaleco por cima e sapatos brancos. Antes dela tive outras ginecologistas,sempre prefiro mulheres pois fico mais a vontade para os exames. No meu primeiro dia de exame, aconteceu muito parecido com o contado pela Dra. Sandra neste blog. Quando dei por mim, ela estava com a mão dentro da minha vagina. O pior que eu não fiz objeção e deixei ela continuar. De uma forma bem resumida, estamos namorando. Moro sozinha em uma kitnet no centro de são Paulo, e passamos todos os finais de semana juntas. Eu sou totalmente passiva e vejo ela como o meu macho. Ela me fode no cu com um pinto de borracha preso na cintura por uma cinta e me fode na boceta com a mão. Ela tem uma mão bem grande e gordinha. Me deixa a boceta totalmente aberta com a sua mão dentro.Alem de me comer com a mão ,ela também me chupa bastante a boceta e me faz gozar forte. Para não ficar meio chato ou estranho, as vezes eu a chupo a boceta,mas não gosto muito.Faço só para agradá-la. Já faz tempo que passei a gostar e me acostumei em sentir a sua mão dentro da minha vagina. Posso dizer que estou até meia viciada e se passamos um final de semana sem nos vermos, fico sentindo falta e tenho que introduzir uma garrafinha de refrigerante dentro da boceta para passar a vontade. Consigo enfiar a minha própria mão na minha boceta,mas o braço fica muito esticado e não dá para ficar metendo rápido. Com a garrafinha consigo por e tirar rápido de dentro da boceta e tentar aliviar o tesão. A boceta parece que acostuma em ser fodica com a mão e sente falta depois. No começo que a Mércia ta me comendo com a mão, gosto que ela faça com força e rápido,girando a mão dentro bem rápido,só depois de um tempo começo a ficar com a vagina mais sensível e peço para ela fazer movimentos de por e tirar bem lentos. A uns tempos atrás, eu agüentava ela me comer assim durante uma hora ou duas, sem parar. Hoje agüento durante bem mais tempo. Às vezes ela me fode com a mão durante umas três ou quatro horas seguidas. Minha boceta fica um bagaço. Fica um buracão aberto ,bem vermelho ,ardendo um pouco dolorido e inchado. Quando reclamo que ficou ardendo e doendo,ela passa uma pomada anestésica sobre a luva e enfia dentro até o fundo da minha vagina e gira dentro para espalhar a pomada e depois tira. Dali a pouco não sinto mais nada. Sempre que estou com a vagina muito sensível e sinto dor com a introdução da sua mão, ela utiliza essa pomada anestésica. Ela me disse que não é bom utilizar essa pomada pois a dor é um alerta para prevenir algum dano nas paredes da vagina.Quando ela passa o anestésico, ela tira a mão fora para verificar se ouve algum sangramento. Por ser medica eu confio nela e deixo em suas mãos(sem segundo sentido). Levo a mão dela dentro da boceta em varios lugares ,no banheiro tomando banho juntas,no sofá da sala assistindo TV, em pé uma abraçada a outra com a perna sobre o braço do sofá. Essa ultima é a que ela prefere e a que mais me deixa com a boceta arrombada e dolorida. Ficamos no canto da sala ,próximas á uma parede,ela me abraça pela cintura ,eu apoio uma das pernas sobre o braço do sofá deixando minhas pernas meio abertas e ela fica me socando na boceta com a mão dentro bem rápido,faz vários movimentos de por e tirar bem rápido até bater com força no fundo e depois tira bem rápido e soca com força de volta. Vou ficando mole,com a vista escura e preciso me apoiar nela. No momento que ela tira a mão fora com força, sai um jato de liguido da minha boceta parecendo que to mijando. Depois de varias dessas , peço para parar que não agüento mais ,e fico jogada no sofá me recuperando. Enquanto isso a Mercia faz uma limpeza no chão da sala,que fica uma poça molhada .Esses dias estava me examinando e notei exatamente o que a Dr.Sandra disse sobre as diferenças que podem ocorrer depois de um tempo fazendo essa prática. Minha boceta ficou maior, os grandes lábios aumentaram de tamanho e ficaram mais escuros.Antes eu ficava em pe e no vão das minhas pernas só se via um rachinho da boceta. Agora ficam os lábios para fora pendurados com uns 3 cms de tamanho. Quando me sento e abro as pernas , forma um buraco no meio da boceta que antes não tinha. Se eu fizer isso logo em seguida da Mércia me comer com a mão, o buraco fica muito maior. Dá pra por uma laranja dentro e quase sobra espaço.Andei perguntando para ela e ela me disse que se ficar um tempo sem fazer isso, a boceta volta a fechar. Só que não pretendemos parar agora. A Mércia gosta de sentir a minha vagina por dentro e eu acostumei e estou viciada em sentir a sua mão dentro de mim. Como não tenho namorado e não pretendo me casar, vou levar minha vida desta forma. Ela sempre me fode usando luvas e passa um monte de lubrificante. Isso já ocorre a uns tres anos.Ela também é solteira.No seu consultório ela me comeu com a mão apenas umas quatro vezes. Depois que começamos a namorar, sempre ficamos juntinhas na minha Kit.Trato ela como se fosse meu macho,faço comidinha, faço carinho, e peço para ela me foder bastante. A única diferença é que ele me come a boceta com a mão. Já gosto tanto dela que fico com ciúmes de saber que ela passa o dia olhando varias bocetas. Ela vive me jurando que me ama e que gosta só de mim. #8 - 01-03-2015 - 07:30 PM por Soraia e Dra. Mercia - reportar abuso
Karen...loirinha casada dando o cu para o chefe...........Já faz um bom tempo, que dou o cu para o meu chefe e adoro sentir o caralho dele dentro de mim. Ele também me fode na boceta mas eu gosto mais de levar no cu. Meu marido é fraco neste quesito. Ele me come o cu muito raramente e quando faz é rápido e nem me dá tempo de gozar.Parece que ele tem nojo de fazer no meu cu. Uma vez ele me falou que no intestino temos muitas bactérias e sujeiras. Conversando com as amigas,percebo que hoje em dia a mulherada ta dando fora do casamento sem nenhum remorso,pois temos a liberdade ,igualdade e autonomia que antes não tínhamos. Trabalho,pago minhas contas e me sinto dona da minha vida. Meu patrão é um alemaozão enorme,meio avermelhado, bastante agitado,parece que está sempre com pressa e nervoso, chama-se Hans Fuller(nome parecido,não posso me identificar).Desde que entrei na empresa a 6 anos atrás ,ainda estagiária, ele gostou de mim e começou a me assediar. Acabei cedendo às suas investidas e hoje sou sua secretária executiva,com um bom salário.Ele me paga um curso de Inglês que freqüento aos sábados.Às vezes mato aula e vou ao motel com ele.Ele é casado e sai de casa todo vestido e com raquete de tênis dizendo que vai ao clube jogar tênis.A mulher dele é bem gorda e quando ele vai na empresa, eu fico de longe para não dar bandeira.Procuramos ser discretos e não dar bandeira,mas o pessoal no escritório desconfia que temos um caso. O meu salário é o dobro de uma outra secretaria de seu sócio e que está a mais tempo na empresa. Apesar de minha carreira rápida ter me custado ficar com o meu cu mais largo e meio viciado no caralhão do seu Hans. Ao menos umas três vezes na semana,o Sr. Hans me chama em sua sala para uma reunião a portas fechadas ,e após todos do escritório terem ido embora, ele me fode em cima de um grande sofá de couro na sua sala.No inicio ele usava camisinha sempre,mas com o tempo começou a gozar dentro do meu cu e eu deixava e gostava de ir embora para casa sabendo que estava com o anus cheio de esperma. Dá um puta tesão ficar com o cu cheio de porra.Eu procuro não soltar e só vou no banheiro soltar se der caganeira .Ele é meio secão e objetivo. A hora que ele percebe o escritório todo em silencio ,ele abre a porta ,sai e dá uma conferida para ver se não tem ninguém,volta ,tranca a porta do escritório de novo com a chave, e me aponta o sofá e abre a gaveta da sua mesa ,onde retira um pote com uma pasta lubrificante e uma toalha. Fica bem na minha frente,eu abro o seu cinto e a sua calça cai no chão,tiro sua cueca,sua camisa e a calça fora. Ele fica com uma camiseta sem mangas,meias e por ultimo tira os sapatos. Fico chupando o seu pau até ficar bem duro e grande.Uma coisa curiosa que nunca tinha visto antes assim é o saco dele ser grande,digo as bolas serem grandes e ficarem longe do pau,penduradas por uns quase um palmo de comprimento.As bolas ficam penduradas ,longe do pau por um saco de pele. A hora que ele ta me fodendo na boceta de frente ,fico levando batidas do seu saco na minha bunda e faz um barulhão. O pau dele é meio vermelho e tem uma cabeça enorme. Acho que dá umas duas do tamanho da cabeça do pau do meu marido. Faz um pouco de curva para cima e bem grande e grosso. Nas primeiras vezes que levei o pau dele no meu cu, doía pra caralho,mas com o tempo o meu cu foi acostumando e hoje em dia entra bem mais fácil e não dói mais. Só me dá um tesão gostoso de sentir o pauzão dele entrar e sai do meu cu.Tenho a minha boceta e o cu bem clarinhos e cor de rosa. Procuro sempre me depilar e estou sempre com a boceta bem lizinha. A posição que sempre fazemos e que eu adoro e de frango assado no sofá. Fico com as pernas abertas,segurando com os braços, e o meu chefe fica ajoelhado no chão sobre uma pequena almofada. Primeiro ele me chupa a boceta bastante tempo,me deixa molinha e com a boceta piscando de vontade de levar o seu caralho . Ele tem um jeito de abrir a minha boceta com as mãos e enfiar a língua tão fundo dentro que parece um pau entrando,fico com o grelo tão duro e sensível que chega a doer, depois me fode a boceta um bom tempo. Para poder meter rápido, ele estica as pernas para trás e fica subindo e descendo o corpo inteiro sobre mim,dando estocadas bem fortes e rápidas. Sinto o seu pau bater no fundo e voltar.Minha vagina mexe por dentro,sinto as paredes da minha vagina contrair e mastigar o pau dele. Eu perto do Sr. Hans sou bem pequenininha.Em pé ao lado dele,fico um pouco abaixo do seu peito. Fico uma menininha sendo fodida por um homem enorme.Em seguida ele passa um pouco da pasta lubrificante no seu pau ,na entrada do meu cu e enfia o pau todo de uma vez só. Nessa hora dou uma gemida e quase mijo de tesão. Gosto de levar essa estocada inicial rápida e com força. Às vezes peço para ele não passar o lubrificante e passo apenas um pouco da umidade da minha vagina com os dedos para sentir o pau entrar rasgando e doer um pouco.Dá um fisgada de dor gostosa .Fica uma impressão que o cu estranha o pau entrando mas dali a pouco acostuma e começa a gostar. Não sei porque,mas o Sr. Hans me dá estocadas mais fortes ,rápidas e por mais tempo me fodendo no cu.Ás vezes ele cansa de ficar de joelhos no chão,ele me põe em pé apoiada sobre a sua mesa e me come de em pé por trás. Nesta posição fico com os peitos balançando e o Sr. Hans gosta de pega-los com a mão e dar uns tapas neles. Também me dá uns tapas no rosto. Gosto e acho excitante, me sinto uma putinha submissa.Um pouco antes dele gozar ele me deixa decidir se vou levar a sua esporrada no cu ou na boca. A maior parte das vezes gosto no cu,as vezes estou com sede e vontade de engolir o seu esperma e peço na boca.Ele tem uma ejaculação bem farta e dá pra molhar o rosto com as primeiros jatos de esperma e em seguida ponho a cabeça dentro da minha boca e vou engolindo assim que sinto os jatos batendo no fundo da boca. Depois vou ao banheiro me limpar ,me despeço do Sr. Hans com um até amanhã. Nos dias do meu rodízio, meu marido vem me buscar e fica aguardando no estacionamento e é bem no dia da minha reunião com o chefe(leia-se no dia que ele me fode).Graças a deus o estacionamento fica meio distante da sala do escritório,pois é inevitável fazermos alguns barulhos, do tipo bate estacas quando o Sr. Hans ta bombando com força e também os meus gemidos. O dia que engulo o esperma do Sr. Hans ,evito beijar e falar de perto com o meu marido para ele não sentir o cheiro na minha boca. Fico com o gosto e cheiro de porra na boca um tempão. A boca fica seca e amarrando um bom tempo. Depois de um tempo aprendi um truquezinho de chupar aquela bala de hortelã bem forte chamada Halls(o preto bem forte). Eu e o marido temos uma filhinha de 4 anos e por enquanto vamos dar um tempo para um segundo.Por isso tomo anticoncepcional e não tenho problemas que meu chefe goze dentro da minha boceta.Quando levo esporrada no cu,não tem muito problema,mas quando chego em casa com esperma na minha boceta,tenho que correr para o banheiro me lavar,antes do meu marido me avistar e me pegar para sexo. Me lavo bem com uma duchinha que enfio dentro da boceta até o fundo.Depois passo um desodorante para garantir sair todo cheiro de pau e porra. Meu marido com freqüência viaja e fica fora uns quinze dias para acompanhar implantação de projetos em empresas filiais e coligadas à empresa em que trabalha. Costumo deixar minha filhinha com a minha mãe nos finais de semana para ficar a vontade e estudar o material do meu curso de inglês. Moramos em um condomínio fechado com portões automáticos eletrônicos. Nestas oportunidades, meu chefe vem ficar comigo em casa e passamos o final de semana juntos de sexta a domingo à noite. Dou tanta risada de ver o monte de tralha que ele carrega no carro para dizer a mulher que foi pescar em um Resort turístico para pescadores aqui em Santa Catarina.Ele me disse que no domingo antes de voltar para casa ele passa em uma peixaria e compra um monte de peixes.Ele chega e se anuncia pelo interfone e eu libero a sua entrada no condomínio. Ele adentra a vila de casas e estaciona o carro próximo a um muro destinado a visitantes. A hora que ele percebe que não tem ninguém por perto ele sai do carro e entra em casa. São casas do tipo sobrado de dois andares. Passamos o final de semana parecendo um casal em lua de mel.Ele me fode em todos os lugares da casa e em todos os meus buracos.Não sei como ele agüenta ,e apesar de ter seus quase cinqüenta anos, de sexta a domingo ele me come varias vezes e ejacula umas 10 vezes. Eu gosto quando ele ta me comendo em cima da minha cama ,onde durmo com o meu marido, dá uma sensação de fazer o proibido que até aumenta o tesão.Adoro quando o Hans deita em cima de mim me fodendo no cu e eu de barriga para baixo, fico levando estocadas bem rápidas no cu com todo o peso do seu corpo subindo e descendo. A hora que ele mexe o corpo para a frente e para trás, com o pau todo dentro,sinto o seu pau mexer no meu intestino por dentro. Fico com uma vontadizinha de fazer coco bem gostosa,mas não cago nada. No domingo de manhã começo a sentir a boceta já bem mais aberta e um pouco dolorida de tanto levar a rola do Hans. Meu cu nem tem tempo de fechar direito. Sinto o meu cu meio afrouxado e relaxado o final de semana todo. Quando ele ameaça a ficar menor e fechar ,dali a pouco to levando mais pau no cu de novo.Fico o tempo todo pelada e de salto alto,o que o Hans não abre mão de me ver vestindo. As vezes ele quer ver os meus buracos e viro de costas para ele e empino a bunda a abro com as duas mãos. Ele me pede para ficar piscando o cu para dentro e para fora. Sinto o cu abrir bastante e depois fechar. Já fiquei bem arrombadinha no cu. Ainda bem que meu marido mal olha para ele. Na boceta ele dá uma olhadinha rápida para acertar o cacete na entrada ,meter um tempinho ,gozar e pronto. Meu marido me dá uma metidinha por mês de uns 10 minutos na média. Uma coisa que o Hans gosta de fazer e me dá tesão e para ele também é eu ficar em uma poltrona na sala,segurando as pernas abertas, depois de umas horas de ter levado uma esporrada sua na minha boceta, ele me pede para não lavar, ele fica cheirando e lambendo a minha boceta e curtindo o cheiro e o gosto da sua porra misturada com o meu caldo da boceta. Rapidamente o seu cacete enduresse e ele me come a boceta de novo. Há quem diga que a nossa boceta solta um cheiro de hormônios que excitam o homem. Acho que é verdade ,pois basta ele me cheirar a boceta e lamber que o pau fica duro rapidinho de novo. Sou sua secretária até as 6horas da tarde depois viro sua putinha. Não reclamo e gosto de ser.Se eu não quisesse nada disto aconteceria. Um pouco de minhas características: Sou uma loirinha legitima natural, bem branquinha,pequenininha,com1,55m,magra com um corpo estilo violão bem formado e feminino,cabelos curtos tipo channel, com franginha na frente,meu ponto forte são os seios bem formados e com volume apesar da minha estatura baixa, os meus pés chamam a atenção dos homens,gosto de usar salto alto e unhas pintadas com cores fortes. Sou casada e trabalho em uma empresa de porte médio do ramo de transporte de máquinas. Estou nesta empresa a 6 anos,entrei como estagiária e me casei a 5 anos atrás.Meu marido é Engenheiro Químico e trabalha em uma industria de medicamentos no mesmo bairro em que moramos. Estamos no sul do País, mais exatamente em Santa Catarina, próximo a Blumenau. #9 - 01-03-2015 - 05:19 PM por Karen...loirinha casada dando o cu para o chefe - reportar abuso
oi sou casada tenho 32 anos ,comecei a fazer anal com 13 anos sozinha eu usava cenouras iniciei com pequenas dps com as grandes,com 14 anos perdi a virgindade da buceta com um pepino de porte medio que comprei na feira,com 16 anos tive meu primeiro namorado onde ficamos por 2 anos sempre fazendo anal vaginal ,com 18 anos fui em uma ginecologista ela tinha 23 anos que perguntou abertamente a respeito de anal eu falei que gostava muito ela falou que ia verificar meu ânus eu aceitei naquela consulta ela enfiou o dedo no meu ânus eu achei ótimo pois nunca tinha tido um dedo feminino no ânus ela colocou um ai dois ai 3 dedos tirou colocou uma luva com lubrificante colocou a mão no meu ânus eu senti dor mais um prazer gigante cheguei a gozar ela perguntou se eu estava gostando falei que sim pedi para ela continuar ,a consulta durou uma hora quando sai outras pacientes reclamando da demora ,ela marcou o retorno para outra semana fim do dia as 18 ,30 horas,eu passei uma semana louca de tesão, no retorno a secretaria dela falou que tinha que ir pois tinha aula fiquei sozinha com a medica entrei na sala ela pediu para eu tirar a roupa eu louca de tesão tirei ela chegou perto perguntou se eu queria repetir o exame eu falei que sim mas ela falou que ia ser um exame completo eu falei que bom ,nisto ela pegou uma luva destas fininhas de medico , colocou na mão pediu para eu ir para a cadeira ginecológica eu fui ela passou a mão na minha boceta falou que ia iniciar o exame nisto ela beijou minha buceta iniciou uma chupada que fui as nuvens quando gozei ela iniciou a penetração da mão em minha buceta nossa foi uma loucura ela fudeu minha buceta com a mão no incio doeu mais foi muito gostoso,comeu minha buceta por uns 30 minutos com a mão eu gemia de prazer com aquela mão dentro de minha buceta,ai ela pediu para eu ficar de quatro eu fiquei ela pegou enfiou a mão no meu ânus ai foi melhor ainda ficou brincando em meu ãnus por uns 20 minutos , eu pedia para ela não parar ela perguntou se eu queria uma dupla penetração eu falei que sim ela pegou, falou para eu sentar novamente na cadeira ginecológica de forma que tanto meu ânus quanto ninha buceta ficasse de frente para ela ,ela pegou um pênis negro de uns 35 centímetros grosso igual uma lata de cerveja colocou uma camisinha lubrificou me ânus colocou ele dentro com o pênis dentro ela segurava ele dentro com uma mão com a outra ela iniciou a penetração da mão em minha buceta foi muito estranho pois a mão estava difícil de entra devido o cacete de silicone no ânus mas acabou entrando senti dores mas um prazer louco fui fodida pela minha ginecologista da forma mais gostosa do mundo ,passei a ter consultas a cada 10 dias , um ano dps comecei a namorar um rapaz que hoje sou casada com ele ,com 3 meses de namoro convidei ele para ir comigo na ginecologista acabei que contei para ele tudo de pronto ele aceitou logo na primeira consulta enquanto a ginecologista fodia eu com as mãos eu chupava o cacete de meu namorado atual esposo por fim ele comia eu mais ela ,com 2 anos de namoro muita foda a 3 casamos ,nisto ela já ia a tempos em minha casa onde compramos uma cadeira ginecológica para nosso quarto ,neste tempo eu chupava ela, ela me chupava eu comia ela com as mão ela me comia, meu marido comia as duas tanto com o pênis quanto com as mãos com 1 ano de casada ela um dia chupava meu marido meu marido me chupava ela enfiou o dedo no ânus de meu marido que não falou nada durante dias em nossas transas meu até que um dia ela comeu ela dai para frente somente alegria hoje vivemos um casamento a 3 moramos na mesma casa dormimos na mesma cama sempre recebemos pacientes dela sozinhas ou com maridos ,recomendo vc mulher que nunca fez faça vc vai sentir prazeres nunca imaginados #10 - 01-03-2015 - 02:38 PM por Casada safada - reportar abuso

Coloque aqui o Seu Comentário sobre este conto:

Seu Nome:

Comentário:

Código anti-spam:      (reescreva o código à esquerda)