neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   




seduzindo o meu filho




fabriciomg publicou o seguinte:

...


Mais Vídeos Gratuitos? Veja aqui:

Este conto foi lido 73231 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: Adoro me Exibir
Eu confesso que adoro me exibir e fazer ciuminho ao corno ! Gostaria muito de ver minhas fotos sendo...

Publicado em 27 May 2015 | 4:48 am
Confissão: Sou viciada em trocar fotos
Eu confesso que que adoro trocar fotos com homens estranhos na internet. É errado?...

Publicado em 27 May 2015 | 2:34 am


E agora... O conto de Dulce Freitas :

Depois de ter estado com o Tiago e o Marcelo não conseguia deixar de pensar no Rui, não como meu filho mas como um jovem atraente e desejável, comecei a andar vestida em casa de forma a exibir o meu corpo, saias e calções curtos, blusas com decotes atrevidos e tops justos, de forma a exibir as minhas coxas e rabo e a realçar ao máximo as minhas atraentes e avantajadas mamas ( 42D ), o esquema começou a resultar, várias vezes o apanhei a comer-me com os olhos, o alto entre as suas pernas também o denunciava, tenho a certeza que mais que uma vez se retirou para o WC para se masturbar, preparei-me para dar o passo seguinte, pedi ajuda ao Tiago, que ficou doido de tesão só de pensar que me veria ser comida pelo meu filho, a oportunidade surgiu num sábado em que o António ( o meu marido ) estava para fora. Estiveram toda a manhã a estudar, como estava um dia quente fiz um pequeno churrasco e comemos cá fora, estava vestida de forma bastante provocante, uma saia jeans bastante curta e justa e um top branco, como roupa interior apenas um fio dental, chamei-os para ajudarem a por a mesa, foi um show, quando me inclinava a virar a carne a saia subia e quase que se via o fio dental, ao sol viam-se perfeitamente as mamas por baixo do top, como eu já estava bastante excitada os mamilos quase que furavam o fino tecido que os cobria, o Tiago estava divertidíssimo e o Rui muito vermelho e nitidamente incomodado, ambos vestiam calções e exibiam um belo volume entre as pernas, como a saia era muito justa quando me sentei subiu imenso revelando a totalidade das coxas, as mamas balançavam livremente com os meus movimentos, os paus deles pareciam ir rasgar a roupa, o Rui procurava manter um braço em cima das pernas para esconder a sua erecção, conforme combinado o Tiago iniciou o jogo -Dª Anabela, com todo o respeito tenho que dizer que está linda- o Rui olhou-o espantado -eh pá olha que é a minha mãe, tás parvo ?- exclamou, dando-lhe um murro no braço -ora filho o teu amigo está só a ser simpático comigo- respondi sorrindo, de forma casual coloquei a mão na coxa do Tiago, que continuou o jogo - a sério Dª Anabela, a senhora é muito atraente- o Rui olhava embasbacado, ele continuou o teatro -não estejas assim, se não fosse tua mãe pensavas o mesmo, eu não quis ofender - o meu querido filho ficou muito vermelho, na sua atrapalhação já não estava a tapar a virilha, onde se via um volume enorme e uma pequena mancha, «já está com a ponta do pau molhada» pensei divertida -oh pá, não é isso, não é próprio, eu- o Rui gaguejava sem saber o que dizer -bolas filho eu sei que já não sou nova, mas achas que sou assim tão mal jeitosa ?- perguntei levantando-me, coloquei as mãos na cintura, dei um rodopio e fitei-o sorridente de ombros direitos, as mamas esticaram-se ainda mais contra o top, o infeliz não sabia onde se havia de meter, devia estar quase a vir-se nos calções -não é isso mãe, tu és muito boa...desculpa quero dizer, porra és minha mãe- explodiu desesperado, cheguei-me a ele e coloquei a mão no seu pau, fitava-me hipnotizado incapaz de reagir -é por causa da mãe que ele está assim ?- perguntei docemente, a minha mão alisava-o suavemente por cima da roupa -eu, desculpa, oh mãe nãooo, está errado,olha o Tiago, pára, oh, oh mãe, não- ele protestava sem grande convicção, enquanto eu lhe tirava o pau para fora o Tiago veio por trás e puxou-me o top para cima expondo as minhas tetas, sem lhe dar tempo de reagir baixei-me e abocanhei o pau do meu querido filho, ele já não protestava, inclinou-se para trás e fechou os olhos -oh mãe sim, sim, é tão bom, sim, sim, sim, URGGGG, URGGGG- quente como estava começou a vir-se em menos de nada, engoli aquele esperma delicioso, o Tiago já tinha enrolado a minha saia na cintura e masturbava-me com uma mão, enquanto a outra me bolinava as mamas, tive um pequeno orgasmo -sim Tiago sim, é bom, simmmm- o Rui tremia com os nervos e a excitação, sentei-me no seu colo -então querido, não gostaste ? eu sei que já te excitava á muito- estava nitidamente dividido -oh mãe gostei, gostei muito, mas é errado, sou teu filho- encostei-me a ele e puxei-lhe as mãos para as minhas mamas, o Tiago beijava-me o pescoço e juntou as mãos ás do Rui -não sejas tonto filho, eu gosto de vocês, e vocês acham-me atraente, porquê errado ?- foi-se acalmando, as suas mãos começaram a explorar as minhas mamas, o seu pau estava de novo erecto -oh mãe, sim, ah és tão boa, adoro as tuas maminhas, oh mãe quero ter-te, quero- levantei-me tremendo de excitação -vamos queridos, vamos para a cama- corremos para dentro, o Rui tinha perdido todas as inibições, a minha saia e o top foram desfeitos em menos de nada, não chegámos ao quarto, o Rui puxou-me para o chão ainda no corredor e penetrou-me de um só golpe -URGG, ah mãe és boa, que cona tão quente, és tão boa- gemia o meu queridinho enquanto me fodia com um ritmo infernal, O Rui trepou-se em cima, entalou o pau entre as mamas e começou a masturbar-se nelas -ah que ricas tetas, sim, sim, á putinha boa, sim, sim- a onda de prazer começou a subir e eu tive um orgasmos maravilhoso -URGGGG, URGGGG, venho-me, venho-me, fode filho, força mais força, URGG- os meus gritos foram abafados pelo pau do Tiago, agarrou-me subitamente a cabeça, enfiou a rola até ao fundo e começou a encher-me a garganta de esperma -URGGGG,engole boazona, engole, tudo, tudo, URGGGG- engoli o que pude, mas uma parte saiu e escorreu até ao queixo, de súbito o Rui começou a lançar o seu gozo dentro de mim -toma mãe toma, puta, puta, és uma puta, és a minha puta, toma, toma, URGGGG, URGGGG- os insultos eram excitantes, a minha anca movia-se de encontro a ele, tive novo orgasmo, ficámos os três deitados no chão durante uns minutos -vamos queridos a cama espera-nos- convidei levantando-me e seguindo para o quarto dos hóspedes, não se fizeram rogados. O Rui parecia possesso, sem nenhuma contemplação mandou-me para cima da cama, agarrou-me o cabelo e introduziu violentamente o caralho na minha boca -mama puta, vais ser a minha puta, mama minha vaca- eu estava chocada mas ao mesmo tempo muito excitada, coloquei as minhas mãos nas suas nádegas e comecei a mamar, chupar, lamber, de quando em vez tirava a rola para fora e lambia-lhe os tomates, O Tiago afastou-me as pernas e penetrou a minha coninha e introduziu dois dedos no meu cu, gemi deliciada -sim Tiago sim, fode a mãe do teu amigo fode- durante algum tempo só se ouviram os sons dos paus a entrarem e a saírem dos meus buraquinhos e os nossos grunhidos e arquejos, depois explodimos os 3 num festival de orgasmos, o esperma do Tiago banhava o interior da minha cona e o Rui vinha-se na minha cara, mamas, cabelos -oh mãe, oh mãe, sim, sim, adoro-te, URGGGG, URGGGG- deitaram-se ao meu lado, durante uns minutos nada disseram -oh mãe és tão boa, á tanto tempo que tinha tesão por ti, bati tantas a pensar no teu corpo- disse de súbito o meu filho com ar atrapalhado, fiz-lhe uma festa na cara -eu sei querido, não tem mal, eu adoro fazer amor com rapazes bonitos e tu és lindo- olhou-me espantado, calmamente contei-lhe como tinha seduzido o Marcelo e o Tiago, contei igualmente como tinha planeado aquele dia - a tua mãe é uma coroa boazona e felizmente para nós muito puta, com todo o respeito claro- riu o Tiago dando-lhe uma palmada amigável na cabeça, o Rui riu e devolveu-lhe o tapa -vocês são uns falsos amigos, andavam a comer a minha mãe e não me convidavam- rimos com gosto, eles começaram a apalpar-me e a lamber-me toda, estavam prontos para a acção -filho queres comer o meu cuzinho ?- perguntei com voz roupa, ele ficou a mil -sim mãe, sim, quero, oh se quero- voltei-me para o Tiago, unimos as nossas bocas, o Rui colou-se a mim por trás, o pau do Tiago já ia entrando na minha xana, guiei o pau do Rui para o meu cuzinho -devagar filho devagar, isso, isso querido, já está- entrou sem dificuldade, os minutos seguintes foram maravilhosos, os meus dois machos bombeavam dentro de mim sem parar, a minha língua e a do Tiago enrolavam-se numa dança molhada, quatro mãos amassavam deliciosamente as minhas tetas, o meu filho mordia-me a nuca, lambia-me a cara e as orelhas, eu pedia mais e mais -fodam-me, sim, sim, fodam-me seus viadinhos, mais depressa, isso, isso, mais depresssssa- eles respondiam martelando-me mais e mais, o Rui ia-me dando palmadas nas nádegas, os seus insultos ainda me entesoavam mais -puta, putona,és uma vaca mãe, vais dar para todos, vais ser a puta da universidade, grandes tetas és mesmo uma vaca, arrebento-te o cu todo,todo, etc,etc...- comecei a ter orgasmos contínuos, parecia que ia morrer de gozo, finalmente os dois despejaram os seus sacos, primeiro dentro de mim em jactos quentes e deliciosos, depois tiraram os paus para fora e continuaram a masturbar-se para cima de mim regando-me de langonha. Fomos tomar banho, eles queriam mais festa, mas já eram quase 6 da tarde e o António devia estar a chegar pelo que tive que acalmar as coisas. Felizmente o meu corninho vinha cansado e não quis \"brincar\", estava dorida e cansada, deitada na cama dei por mim a pensar nas possibilidades maravilhosas que os novos factos me iriam proporcionar, já não precisava de disfarçar em frente do meu filho e poderia ter carne jovem sempre que quisesse.



#6074 Comentários - 16-11-2011 - 11:30 AM por Dulce Freitas - Orgias - Confirmo, É EXCITANTE (86) - Nota negativa! (40)
Remover dos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.
adorei deves ser muito gostosa e puta#1 - 26-05-2015 - 10:22 AM por Fabiao - reportar abuso
fiquei com muito tesao e quereo come um corao gostosas#2 - 19-02-2015 - 06:54 AM por cristof - reportar abuso
fiquei com muito tesao e quereo come um corao gostosas#3 - 19-02-2015 - 06:54 AM por cristof - reportar abuso
fiquei com muito tesao e quereo come um corao gostosas#4 - 19-02-2015 - 06:54 AM por cristof - reportar abuso
fiquei com muito tesao e quereo come um corao gostosas#5 - 19-02-2015 - 06:54 AM por cristof - reportar abuso
fiquei com muito tesao e quereo come um corao gostosas#6 - 19-02-2015 - 06:53 AM por cristof - reportar abuso
Ja bati duas bem gostosa lendo esse conto eu ja comei minha irma varias vezes entao nao acho estranho nao gostosa#7 - 31-10-2014 - 07:22 PM por del gato - reportar abuso
fiquei com tesão,ja tinha vontade de trepar com a minha mãe fiquei com mais vontade.#8 - 09-10-2014 - 06:34 PM por jhones - reportar abuso
Adorei, sou casada tenho 47 anos e estou louca pra foder com um amigo do meu filho que tem 22#9 - 01-08-2014 - 10:45 AM por adelaide - reportar abuso
Gozei muito aki queria uma mãe dessa#10 - 01-06-2014 - 01:33 AM por lukaz - reportar abuso

Coloque aqui o Seu Comentário sobre este conto:

Seu Nome:

Comentário:

Código anti-spam:      (reescreva o código à esquerda)