neo concepts
Contos Eróticos da vida real
atreva-se a publicar o seu e surpreenda-se com o feedback (agora 100% abertos)
  

Conhece um conto erótico digno de ser partilhado?


O Seu Nome* : O Seu Email* :   * Deseja Receber Notificação? :
* O SEU EMAIL NUNCA será divulgado ao público. Serve apenas para você receber as notificações do seu conto.

Obrigatório: Qual o título deste conto:  

Palavra Chave/TAG 1:    escreva 4 palavras/tags que definam o seu conto,
Palavra Chave/TAG 2:    o seu conto ficará associado a estas palavras chave.
Palavra Chave/TAG 3:   
Palavra Chave/TAG 4:   

Associar uma Imagem:    Opcional. Pode associar uma imagem ou foto ao seu conto. Imagens de Sexo explícito são proibidas.
Categoria Temática:

Descreva pormenorizadamente o seu conto erótico.
Anti-spam* (ESCREVA APENAS OS 3 SÍMBOLOS A PRETO):      captcha image   




MEU MELHOR AMIGO ME FEZ DE MULHER




albert publicou o seguinte:
em Gay Sex
...


Mais Vídeos Gratuitos? Veja aqui:

Este conto foi lido 53676 vezes.
Depois de ler este conto, porque não uma visitinha a estes desabafos Sexys:

Confissão: louco pra ver ela ...
Eu confesso que sou louco pra ver minha mulher fazer outros caras gozarem. Assistir ela mamando uma ...

Publicado em 1 November 2014 | 5:48 am
Confissão: Sexo com conhecido da internet
Eu confesso que me encontrei com uma pessoa desconhecida (apenas internet) e transamos muito! Eu es...

Publicado em 1 November 2014 | 2:57 am


E agora... O conto de jocemir :

Eu tinha um amigo muito mais velho do que eu, eu tinha uns 15 anos ele 23 anos, eu garoto magro, ele um baita de um mulato, andávamos junto de bicicleta, jogávamos damas, passeávamos pelo bairro, íamos junto a escola no período noturno, tudo numa boa, até que um dia estávamos jogando bola e ele apareceu no campinho e chamou a molecada para ir bater punheta na várzea de um porto de areia, fomos até lá, ele e um tal de Zé Carlos, tiraram o pau para fora e começaram a bater punheta, eu e os outro garotos ficamos olhando, eu fiquei espantado com o tamanho do pau desse meu amigo, era grosso, cumprido, eu fiquei vidrado, não consegui tirar os olhos do pau dele, pois era tão bonito, depois fomos brincar de encochar numa construção velha, ele me agarrou e ficou me encochando bastante tempo, até me carregava, ele era forte e eu mirrado, tudo bem, ai terminou a brincadeira, fomos embora. Logo a noitinha ele passou em casa, e me convidou para a gente dar uma volta, coisa que fazíamos sempre, quando passamos em frente a construção, ele me convidou para dar uma olhada dentro, eu na maior inocência entrei juntamente com ele, quando estávamos no cômodo do fundo, ele me agarrou, eu falei não estamos brincando de encochadinha, ele mandou eu ficar quieto, começou a tirar meu short, me deixou pelado, tirou o pau para fora e mandou eu ficar de quatro, eu obedeci, meio atônito, ele ficou rossando o pau no meu rego, tentando enfiar no meu cuzinho, mas não conseguia, pois a posição não ajudava, e o pau dele era muito grande, ai mandou eu fechar as pernas, com o pau dele no meio das pernas, senti aquele membro enorme quentinho rossando nas minhas coxas ele ficou movimentando mas não consegui gozar, depois de um tempo, mandou eu levantar o short e saiu.
Vesti o short e fui logo atrás dele, e na rua eu brinquei com ele, você estava afim de me comer, mas só consegui me encochar sem calça, e dei risada. Ele me perguntou você já deu o cu alguma vez, eu disse que não, só fazia troca troca, com uns garotos onde eu morava antes de mudar para aquele bairro, ele perguntou, alguém ja penetrou no seu cuzinho? eu disse, que só um deles, um tal de Julinho, era o mais pequeno da turma, normalmente a gente ficava só roçando o pauzinho na bunda do outro, sem penetração, até que um dia esse Julinho, pediu para eu debruçar na cama dele, eu fiz o que ele pediu, ai ele mandou eu abrir bem as nádegas eu atendi, ai ele colocou o pauzinho dele bem na porta do meu cuzinho e empurrou, eu dei um berro, AIIIIIIIIIIIIIIIIIII, assim dói!!! ele tirou e ficou rindo, o que foi? - eu disse, assim dói, o que você fez, ele rindo, só enfiei o meu pinto dentro do seu cuzinho, você gostou? - eu respondi que não, que daquele jeito doía, ele rindo disse, é porque arrebentei a sua preginha que você tem na entrada do seu cuzinho. Fora esse caso mais nenhum coleguinha me penetrou, de vez em quando me dava uma coceira no cuzinho; comentei com um vizinho, um tal de Valtinho, ele me disse, - acho que você esta com vontade de dar a bunda, eu perguntei você quer comer? - ele disse que sim, e tirou o pau para fora e ficava roçando na minha bunda, era gostoso essa intimidade, sem medo, sem vergonha, mas nunca me penetrou.
Depois desse papo fui para casa dormir, quando deitei, fiquei de pau duro, excitado com a brincadeira do meu amigo na construção, fiquei pensando se ele quer me comer, amanhã eu vou dar para ele.
No dia seguinte, fui lá pelas 9 hs., até a casa do meu amigo, bati, ele veio atender, perguntou o que eu queria, eu disse se ele não queria jogar damas, ele mandou eu entrar, os pais dele trabalhavam fora, a irmã estava na escola, estávamos sozinhos, sentamos junto a um mesa que fica no quintal e começamos a jogar, logo no inicio do jogo ele disse que precisava pegar uma coisa dentro de casa, e entrou, pediu para eu esperar, fiquei esperando, mas como ele estava demorando um pouco fui ver o que ele estava fazendo, ele estava ajoelhado na cama dele fechando a janela do quarto, eu dei um esbarrão na bunda dele só para provocar, e dei uma encochadinha, ele olhou para mim levantou deu um sorriso, e me agarrou por traz, começou a desabotoar a minha camisa, tirou, jogou no chão, depois desabotoou a minha calça e abaixou, tirou a minha cueca, me deixou nuzinho, me deitou na cama e disse, fica quieto ai, eu fiquei paralisado, sem ação, ele tirou a roupa, pude ver aquele mulatão totalmente nu, com aquele pau enorme, já duro como um ferro, vindo por cima mim, encostou a cabeça no meu rosto e começou falar baixinho no meu ouvido, hoje eu vou te comer gostoso, esse seu cuzinho que só o tal Julinho entrou, vai ser dado para um homem de verdade, hoje você vai ser minha fêmea, eu todo arrepiado, assustado, excitado, o meu cuzinho piscava descontroladamente, eu fiquei entregue a mercê dele, ele começou a me bulinar, mordendo meu pescoço de leve, apertando os meus peitinhos, alisando a minha bunda, elogiando, que bundinha macia, delicada, cheirosa, perguntou – você passa o que na bundinha para ficar cheirosa? - respondi, talco, você é um pozinho de arroz; ai ele perguntou, se tudo que eu contei para ele na noite anterior era verdade, eu disse que sim, ele pediu então agora abra essa bundinha para mim, deixa eu entrar nessa grutinha cheirosinha e macia, eu assustado perguntei, o que você quer fazer? ele respondeu: - enterrar o meu pau nesse seu cuzinho virgem, neguei, não você não pode fazer isso, o seu pau é muito grande, ele pediu para eu ficar quieto, eu estava afim de dar para ele, mas na hora fiquei com receio, mas não tive chance, ele abriu minhas pernas prendendo com as dele, arreganhou as minhas nádegas e encaixou aquele pauzão bem na entrada do meu cuzinho, que já piscava de tesão, de sentir aquele pau macho batendo na porta, querendo entrar, fazer do meu cuzinho a sua nova morada, querendo possuir aquele cuzinho virgem, inocente, e arrebentar as minhas pregas, arrombar o meu anelzinho, ele estava todo excitado, fungava no meu cangote, foi quando deu uma bela gusparada no meu cuzinho, senti aquele guspe quente, ele lubrificou enfiando com o dedo no meu anelzinho, isso já foi de arrepiar, só o dedo já doeu, AI, devagar, ele disse como é apertado, já doeu com o dedo eu respondi que sim, nisso ele engraxou bem a cabeça do pau dele, e começou a encostar no meu anelzinho e a penetrar, eu comecei a gemer de tesão e a gemer de dor - AIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, dói muito, para, tira, o que esta doendo ele perguntou, eu para não dizer que o pau dele era muito grande, disse que era um espinha que eu tinha no cuzinho, ele continuou a penetrar, eu comecei a gemer mais alto, ele ficou bravo, não grita, os vizinhos podem ouvir, fica quieto, eu respondi, ta doendo muito, para, tira essa pau do meu cuzinho, eu não agüento, para, para, para, AIIIIIIIIIIIIIIIIII, AIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII, TIIIRAAAAAAAAAAAAAAAA, ele se empolgou, e FOI ATOLANDO, todo aquele cacete enorme no meu cuzinho, de uma vez, eu dei um grito, um gemido, agarrei na grade da cama para tentar fugir, uma dor indescritível, ELE ME SEGUROU FIRME, VOCE É MINHA MULHERZINHA, VAI TER QUE AGUENTAR, no que ele enterrou e começou a bombar, eu não aguentei, perdi os sentidos, não sei por quanto tempo, quando voltei a mim ele já tinha tirado o pau do meu cuzinho, o meu cuzinho estava ardendo demais, como se ele tivesse queimado, fiquei um pouco deitado na cama dele, pude ouvir ele urinando no banheiro, parecia uma cachoeira, fiquei esperando um pouco, para ver se ele voltava, mas como ele estava demorando, vesti as minhas roupas, e fui embora, assustado, nunca imaginei que doesse tanto, achava que dar o cu, era como eu brincava com os meus coleguinhas, quando cheguei no meio do corredor, o esperma dele começou a escorrer pelo meu cuzinho, esquentando o meu anelzinho, ai ficou gostoso, diminui o ardor, escorreu pelas pernas, e fui embora, fiquei assustado, não fui nem jogar bola no campinho naquele dia. No dia seguinte eu estava jogando bola no campinho ele apareceu lá e começou a falar na lateral do campinho, o Joca, meu apelido, tem espinha no cu, os garotos que estavam do lado dele perguntaram como ele sabia, é que ontem eu comi o cuzinho dele a força, e ele começou a gritar que estava machucando a espinha que ele tinha no cu, eu fiquei todo sem graça, fingi que não ouvi. Ai todo mundo no bairro ficou sabendo que ele me comeu a força, ele nunca ficou sabendo que eu queria dar o meu cuzinho para ele, mas fiquei com medo, por ele ter um pau muito grande, mesmo assim eu fiquei louco da vida, aquilo era para ser uma coisa só nossa, não era para ele falar para todos os meus colegas, mas eu não podia fazer mais nada. Depois eu conto o desdobramento desse episodio.
Durante muitos anos eu me masturbei com um consolo no cu,pensando nesse meu amigo e gozava gostoso, até hoje de vez em quando faço isso, gostaria que ele tivesse me procurado novamente e fizesse com carinho ele poderia me comer durante muito tempo, eu fiquei apaixonado pelo pau dele. Eu adorei quando ele subiu encima de mim, senti aquele calor do corpo dele, aquele hálito quente, aquele pau duro roçando no meu cuzinho, fiquei tão excitado que o meu pau ficou tão duro, que tive que ajeitar, empinando a bunda para cima, para poder ajeitar melhor, porque estava me incomodando, eu imagino que naquele empinada de bunda, ele achou que eu estava me ajeitando para que ele pudesse me comer como ele queria, eu só não contava que ele agiria de uma forma tão violenta, não atendendo os meus apelos, pois o pau dele era muito grande, e eu com um cuzinho virgem, não estava preparado para receber aquela tora gigante, ele acabou me machucando muito. Esse dia mudou a minha vida, nunca mais me esqueci desse amigo, penso nele até hoje.
Hoje sou casado, mas de vez em quando sinto saudades daquela época que a gente era livre sem preconceitos, e fazia as coisas que tinha vontade.
Hoje eu acho que sou bi, escrevam me, jordaojocemir@gmail.com



#3497 Comentários - 05-11-2010 - 08:20 PM por jocemir - Gay - Confirmo, É EXCITANTE (52) - Nota negativa! (8)
Adicionar aos Favoritos
Enviar a um Amigo
Este conto já foi visto antes

Contamos com a sua decisão. Você leu a totalidade deste conto? Gostou? Não?

Agradecemos que faça a sua votação. Clique num dos links em cima.
Clique em "Confirmo, É EXCITANTE" se gostou do conto ou clique em "Nota negativa" se não gostou. por favor faça-o em consciência. Obrigado pela sua participação.

Comentários dos usuários:

Nota: O site Contos Eróticos (contoseroticos.mundopt.com) não se identifica com os comentários aqui publicados. Os comentários são da inteira responsabilidade dos seus autores e podem ser removidos sem aviso prévio. Se você encontrar aqui algum comentário que considere que ultrapassou todos os limites, por favor clique no link "Relatar" para o reportar à administração. Obrigado.
Tenho vontade de comer um cuzinho, fazer de um garoto minha menina putinha.Quem quiser me escreva. igor.1993@bol.com.br#1 - 20-08-2014 - 11:38 PM por Igor 16 - reportar abuso
minha histiria ébem parecida com essa só que porem bem mais novo, eutinha 9 anos de idade é esse meu amigo ja tinha 16 anos e começou a me seduzir, "eu não queria" kkkkkk mais como bela safadaque sou ele ficou me cantando e eu mefazendo de dificil, quando na verdadeesta doido para experimentar sexo, ele era bem maisforte que eu eu era inocente mais estava pegando o espirito da coisa e falei pra ele eu dou pra vc e depois vc me da tbm ele falou que sim nossa eu estava com todoas as preguinhas ainda e ele mandou eu deitar de bunda pra cima, e eu obedeci ele veio com uma super anaconda e começou a me enfiar tudo aquilo e e tentei resistir e conseguir pois eu escondi toda aquela coisa grande dentro de mim com muita dor, ate que ele gozou, e como combinado ele deixou eu comer ele tbm desse dia em diante eu virei uma femea pra ele pois ele não quis me dar mais so queria comer e eu estava tão viciado que as vezes eu falava pra ele se ele queria cú ele diria q sim eu mandava ele criar galinhas ai ele teria muito, ele entendeu tudo sempre que eu falava isso ele ja sabia o que euestava querendo, de 9 aos 17 anos ele me comendo direto até que eu casei com uma menina ai ele falou que queria continuar me querendo comer eu feito um bobo cair na armadilha dele pois depois de algumas comidas que ele me deu, ele falouque queria comer minha esposa tbm eu não gostei pq fiquei com ciumes não sei de quem mais achei ruim ele falou que contaria tudo pra minha mulher,fiquei com medo e hoje ele me come e tbm come minha mulher mais elefaz bem feito sempre que penso neleeusinto vontade de transar muito gostoso aquele negão delicioso.#2 - 09-07-2014 - 12:23 PM por lenny - reportar abuso
Sandro, estou interessado Tb sou virgem d cuzinho, quero comer um cuzinho virgem tanto quanto dar o meu, email: rabinhovirgem@hotmail.com#3 - 05-07-2014 - 04:32 PM por Neto - reportar abuso
EXCELENTE !#4 - 26-06-2014 - 12:52 PM por JORGE - reportar abuso
Quero um viadinho vestido de mulherzinha só pra mim:add silvaluciano783@#5 - 23-06-2014 - 03:05 PM por luciano - reportar abuso
Tenho 15 anos . Q uero amizade e algo mais com meninos de 11 a 15 anos . Skype e facebook ubi_selva15@hotmail.com #6 - 16-06-2014 - 01:57 PM por Lucas - reportar abuso
Tenho 15 anos . Q uero amizade e algo mais com meninos de 11 a 15 anos . Skype e facebook ubi_selva15@hotmail.com #7 - 16-06-2014 - 01:57 PM por Lucas - reportar abuso
Tenho 15 anos . Q uero amizade e algo mais com meninos de 11 a 15 anos . Skype e facebook ubi_selva15@hotmail.com #8 - 16-06-2014 - 01:57 PM por Lucas - reportar abuso
Tenho 15 anos . Q uero amizade e algo mais com meninos de 11 a 15 anos . Skype e facebook ubi_selva15@hotmail.com #9 - 16-06-2014 - 01:57 PM por Lucas - reportar abuso
Sou de Araruama RJ, tenho vontade de ser enrabado por um macho gostoso e de chupar um pau, se alguém se interessar entre em contato. viajante1000@msn.com#10 - 22-01-2014 - 07:10 PM por Andre - reportar abuso

Coloque aqui o Seu Comentário sobre este conto:

Seu Nome:

Comentário:

Código anti-spam:      (reescreva o código à esquerda)